27 de março de 2007

mtv girl

Às vezes penso em que rumo teria tomado a minha vida se, em vez de ter passado a minha adolescência a ver desenhos-animados, tivesse tido Tvcabo e visto canais de música. É que ainda hoje fico abalada por uma espécie de sonho americano, quando vejo Mtv.
O que eu queria mesmo era ser cantora.
Queria aparecer na televisão e usar roupas que me favorecessem.
Queria ter um agente que me orientasse e um batalhão de maquilhadores que convencesse toda a gente, incluindo eu mesma, de que não tenho celulite e estrias.
O que eu queria mesmo era ser de plástico, ter extensões loiras no cabelo e alguém que fizesse tudo por mim, até arrotar.
Queria ter aquele vento contra a minha cara e a favor do meu cabelo incrível, 24h por dia.
Queria usar casacos de pele, pestanas de pêlo de marta e colares de diamantes.
Ter glitter por todo o meu corpo e depilação definitiva desde as unhas dos pés até às palmas das mãos.
O que eu queria mesmo era roçar-me pelas paredes como quem tem sarna, com ar de paralisia facial.
Ter as mamas sempre arrumadas.
Usar saltos altos como se fossem parte de mim.
Queria esquecer que um dia já tinha tocado guitarra e usado calças de ganga em videoclips. Pensar apenas nas coreografias sensuais, nos meus abdominais e em como vou mostrar a todos que emagreci 5 kg.

O que eu queria mesmo era esquecer que já fui pobre, fui pintora e professora de crianças malcriadas. Queria esquecer que já pesei 74 kg, que tive pêlos nas pernas e que à noite usava uma t-shirt qualquer para dormir, aparelho na boca e caía para o lado, morta de sono, afundada em marcadores e blocos de desenho, numa paz profunda.


Quem não viu ainda? The Dove Self-esteem Fund.

7 comentários:

Anónimo disse...

Fantástico! Apesar de haver dias em que nem me apetece olhar para o espelho, dou graças à minha vida simples e, sobretudo, ao facto de conseguir ser eu própria com tudo de bom e de menos bem que isso tem. Já conhecia o filme e acho que em pouco transmite muito.
Beijinhos,
Marta

BrU disse...

Adoro a tua nova pessoa.

rita martins disse...

AHAHAHAHA!

Natacha, esse auto-bronzeador deu-te uma cor fantástica!

:)

Grande beijinho. Muah *

Anónimo disse...

nateeeiiiicha...
gosto mais de teeeeiiii assim como es.........
beeeeiiijjjiiinnhos
teeeeeiiiiiaaaaaa

carlag disse...

Gostei do filme, n conhecia!
Acima de tudo o mais importante é cada pessoa se sentir bem na sua pele e ser feliz como é! :D

( Tb. já usei aparelho, tinha eu os meus 23 anos ) e n estou nada arrependida! Muito pelo contrário )

Beijos

"JESSIQUINHA" disse...

TA MUITO FIXE A FOTO
ADOREI!!!
MAS GOSTEI PRINCIPALÇMENTE DO TEXTO...ESTÁ MUITO BEM ESCRITO!

*bjinhu*

Eunice Rosado disse...

Tb tenho 24, quase 25, também faço ilustração e pinto de vez em quando, também peso 74kg, também adoro cães, também estive no curso de pintura, tenho raizes minhotas... É um pouco assustadora a forma como identifico com isto tudo, mas apesar disso gosto imenso do blog. Acabaste de converter uma leitora.