15 de janeiro de 2008

previsão



Gosto muito de fazer propostas de pinturas. Os desenhos são a porta da rua da minha cabeça. Com eles explico facilmente aos meus clientes o que imaginei para as suas paredes. Sem muitas palavras. Desenho e peço palpites. Palpitam e eu desenho. Ajudo-os a visualizar. Até ao grande dia em que lhes entro em casa e me sento no chão a olhar à volta, pronta para começar.
Esta proposta não passa disso mesmo. Pode vir a ser alterada ou mesmo trocada por uma floresta (torço, secretamente, por isso). Mas é muito bom, depois de terminada a pintura, comparar o projecto com o resultado final.
Aqui ficam as duas paredes separadas e aqui, juntas.

6 comentários:

macati disse...

tao giro q o quarto vai ficar! tb gostaria d ver outra floresta!!!

Marta disse...

Olá Natacha, também ficamos à espera da floresta.Mas de certeza que a escolha não vai ser fácil:)Bjs. Marta

sapatinhos de verniz disse...

Mais um projecto fantástico!

Sofia disse...

Vou opinar: não desfazendo o barco, gosto mais da segunda opção, mas falta o coelhinho amarelo :)
bjs

Pedro M. disse...

Quando eu tiver filhos e dinheiro, já sei quem chamar para pintar os quartos (pronto, e no meu também dás uma mãozinha). O problema agora é como convencer alguém a ter filhos comigo. Até a parte do dinheiro é mais fácil.

APO (Bem-Trapilho) disse...

olha, seja qual for a opção será lindissimo o resultado final, disso estou certa!