17 de janeiro de 2008

europa dos deprimidinhos



A ausência do sol deprime-me. O meu cactinho oferece-me a sua flor. Devíamos todos ser como ele.

6 comentários:

ana montalvão disse...

então bora daí para o Alentejo! viste as fotos q te mandei? eheheheheh

Bêjos!

Li*Azevedo disse...

ai como eu fico deprimida sem sol... e pior ainda, a ter que estudar... grrrr
=(

andie disse...

Eu também sinto falta do sol! Depois do Natal,passava directamente a junho;),até saltava os meus anos!
Adorei a foto onde apareces ao cantinho!
Vê o novo blog que lancei hoje:
3 erres para miúdos.
Se gostares da ideia,divulga!
Obrigado!
Beijinhos!

sapatinhos de verniz disse...

Temos que tirar o melhor partido de cada estação...
A natureza é perfeita, mesmo que por muitas vezes não a percebamos!
O Verão é uma época de energia, de vitalidade, de fazer coisas e loisas...
Já o Inverno é a época de recolha, de introspecção (que aliás tens mostrado), de descanso!
Não fiques deprimida... aprende a interpetrar o que a natureza te quer oferecer a cada momento e vais ver que não há espaços para depressões!
Moleza sim... depressão não... coloca-a para trás das costas!
Abraço e bom fim-de-semana!!

Tulaunia disse...

Minha querida, temos, pelo menos uma paixão em comum, os cactos!
Adoro-os!!! São lindos e dão flores tão especiais e diferentes.

Beijinhos e bom fim de semana

APO (Bem-Trapilho) disse...

join the club!!!
Dou graças a Deus por este Inverno cheio de Sol, apesar do equilibrio poder ser afectado. Mas as depressoes andam mais longe! :)