7 de janeiro de 2008

meus pulmões. minha pele. minha roupa. meu cabelo.

Entrei no café daqui da frente.
O fumo era nenhum.
É inacreditável.
É um sonho.

Hoje dou-me conta de que nunca escolhia a mesa no restaurante sem antes verificar o conteúdo das mesas já ocupadas. É que nos restaurantes escolhe-se o que se come mas não o que se respira enquanto se come.
Mas isso era dantes.

15 comentários:

hpinto disse...

Podes crer!
Ainda não entrei em nenhum café onde antes fosse que se fumasse muito por isso ainda não dei muito pela diferença.
Mas uma coisa que me faz confusão é como agora certos fumadores v~em dizer "à boca cheia" que é discriminação, que são uns desgraçadinhos e que o que estão a fazer põe em causa a liberdade deles... que comentários egoístas estes! E a nossa? A liberdade daqueles que não queriam fumar e que se viam rodeados de fumo sem pedir? É verdade, podiamos fugir e não frequentar locais onde tal fosse permitido! Mas o engraçado é que agora que acontece o contrário, em que o que se promove é a liberdade dos não fumadores, venham os fumadores queixarem-se...
É pena que algumas pessoas se esqueçam frequentemente que a liberdade de cada um acaba onde a dos outros começa!
Só um desabafo ;o)
Beijocas,
Lena

Nogueirajcs disse...

Antes eramos obrigados a engulir o fumo dos outros. Felizmente agora não.
Quem quiser fumar não custa nada sair uns segundos à janela ou à porta dos locais e da os seus bafos.
No local onde de manhã por vezes tomo café... e onde já não se fuma... um senhor do banco ao lado comentou outro dia para os donos "vou embora pq não estou a gostar do ambiente". Comentário simpático ao que julgo de um fumador. Agora de manhã até sabe bem tomar um café. Até se sente o agradável aroma do ambientador.

sapatinhos de verniz disse...

No dia 31 de dezembro, ao fecho do Norte Shopping, os cinzeiros já estavam todos "selados" e eu imaginei: "finalmente uma medida empreendedora, algo que vai trazer verdadeiros benifícios à população".
E tem sido!
O ar nos espaços em que até agora se fumava, está menos denso, já se pode respirar sem medos, os olhos já não ardem, conseguesse ver com mais nitidez!
As minhas colegas de trabalho, que não podem fumar dentro do shopping, estão a reduzir drasticamente o consumo e dizem até que não lhes está a custar muito... dizem até que pensam deixar de fumar entretanto!
Pensei que fosse ver mais pessoas revoltadas! Mas isso talvez não aconteça porque essas pessoas nem aparecem nestes locais!
De qualquer das maneiras, eu estou muito contente!
Só espero que não sejam daquelas medidas infantis que ora se estabelecem, ora se retiram da legislação!
Boa semana sem fumos... abraço!

Tereclopes disse...

Finalmente! tens toda a razão, havia sítios que eram quase irrespiráveis, até ardiam os olhos.
Beijinhos

Sofia disse...

fixe, não é??

Célia Jordão Alves disse...

Eu ando radiante com o facto de poder estar nos vários lugares sem ser incomodada pelo fumo dos outros e sem estar preocupada com os pulmões do meu rebento.

Analog Girl disse...

ahhh...bem bom...
Por piedade ouço as queixinhas dos meus amigos fumadores, mas cá dentro rio-me um bocado. :)

As queixas começam a tornar-se em constatações de como é bom estarem a reduzir!
Isto vai correr bem!

Isabel Aleixo disse...

Aqui pelo Sobralinho (algures pelo concelho de Vila Franca de Xira), à frase «Abençoada lei», já granjeei a minha quota parte de inimigos (euinha que até não nutro simpatia especial pelo actual Governo...).
Nos cafés locais instiga-se a caça aos extractores...
Até lá, um gajo (que ainda por cima tem um hospedeiro lá dentro, qual Alien) respira melhor.

Sapinho Cor-de-Mel disse...

que bom que é o ar puro =)

cat|InConsciente disse...

Na 6ª passada fui à "Porta Velha" (a tasquinha das ginjinhas cá da terra) e saí de lá sem nenhum cheiro adicional agarrado à roupa! Os fumadores em vez do cigarro, levavam chupa-chupas à boca! Adorei!

Anónimo disse...

Olá, concordo com tudo o q foi dito. E isso da discriminação dá-me vontede de rir às gargalhadas eles têm noção que são cerca de 2 milhões em Portugal e que nós ao todo somos 10 milhões??? OU seja nós os não fumadores é que fomos disciminados durante muitos anos... :P Qt a deixar de fumar: em Espanha já deixaram de fumar cerca de 1 Milhão de pessoas. Temos que nos orientar pelos bons exemplos. E viva o Portugal sem fumo. Yuuuuuuuuuuuppppppppppppppiiiiiii. beijocas godas, Nhocas

Anadosol disse...

Olá Nat,

Eu tive essa mesma sensação ontem quando fui jantar ao restaurante indiano. Nem queria acreditar que era possível não ter de escolher mesa longe de todos, sem receio de receber descaradamente e sem piedade lofadas de cigarro.
O que mais gostei foi levar a catrapisca e ter um jantar normal, sem stress e sem olhares de lado. É que às vezes, quem não fuma pede/pedia a quem fuma para não o fazer e ainda é/era alvo de descriminação, do tipo, quem está mal, mude-se...

Beijocas

Viva o Green Spirit

*anadosol*

Anónimo disse...

"engolir" por amor de Deus!

mamã Xana disse...

Os meus pequenos-almoços e almoços também têm sido muito mais agradáveis. :)

Anónimo disse...

Tb não acredito!! Estou nas nuvens (e não são de fumo)! Estou a conter-me por estes dias, pois tenho vontade de entrar em todos os cafés e tomar café a cheirar a café. E já posso levar os filhotes, sem estar a pensar em quão egoísta sou por querer tomar café no Café e obrigar os meus filhos a respirarem e trazerenm na pele e na roupa 60 substâncias cancerígenas!
Sandra, V.C.