22 de janeiro de 2008

do fumo

Quando eu andava na faculdade não tinha blog. Pena. Muita pena, que os odiozinhos e super-pragas-imaginárias já são desse tempo. O tempo em que eu tinha enxaquecas indescritíveis e em que trabalhava em salas miseráveis com goteiras e ventilação zero. Salas onde nos cotovelávamos para pintar (curso de pintura, sublinhe-se) e em que os meus queridos colegas e professores fumavam (cigarros, cigarrilhas, cachimbos e charutos e a beatinha no chão, claro está). Nessa altura eu era mais simpática do que sou hoje. Nessa altura eu pedia com jeitinho que fumassem lá fora e nunca originei a discussão séria que originaria hoje, se lá estivesse. Poucos foram os colegas que não me ignoraram. Felizmente havia outro chato-anti-tabaco que além de ser um amor de pessoa, media dois metros por dois e fazia kung fu. Com ele por perto ninguém fumava dentro da sala. Mas eu não me esqueço dos revirares de olhos, do desprezo e dos amuos de quem ia para a porta fumar. Pobres fumadorzinhos, tão discriminados que são. Ontem vi o Prós e Contras e tive ataques de riso colérico. Pobres fumadorzinhos... que agora têm de ir lá fora! Ora bolas! Que pena tenho deles! Que pena tenho! É que estou a rebolar no chão de tanta pena.

8 comentários:

SóSaias disse...

Eu também me rebolo de pena.
Noutro dia, na rádio, uma senhora dizia "Ontem à noite fui jantar a um restaurante e tive de me levantar imensas vezes para vir fumar cá fora! Isto não é bom para mim nem para o restaurante!".
Outra: no porto estive num bar/discoteca onde se fuma livremente (de tudo) apesar da proibição assinalada.

Tereclopes disse...

Concordo em absoluto, estou cheia de pena deles também, coitados ao frio a fumar à porta dos cafés, restaurantes, lojas disto e daquilo, que pena que me faz vê-los assim...
Aquela professora fumadora do Prós e Contras de ontem estava cá a dar-me umas cócegas...

nothing disse...

:D

Olá! já cá não deixava comment há algum tempo... mas ontem também me fiquei a rebolar...

enfim... tenho muita pena... ou não...

Beijinhos e boa semana

Li*Azevedo disse...

eu também me rebolo de pena.
uiii que peninha que eu tenho!!
=)
lol

sapatinhos de verniz disse...

Dizem que são tratados como animaizinhos domésticos, que ficam à porta dos locais públicos!
Da forma que se queixam, até parece que os estão a proibir de fazer algo que lhes faz bem... enfim!!

on satage disse...

No NorteShopping, todos os funcionários que trabalham em lojas menos próximas das entradas, dizem que já fumam muito menos e duma série de coisas que mudaram entretanto, como o paladar mais apurado, ou sentirem cheiros de que já não se recordam... uma certa nostalgia/alegria no olhar (que no fundo é o que reflete o que realmente sentem), mas muita revolta na voz!! Vá-se lá entender!

Sofia disse...

taditos, não é?
tb tou cheinha de pena!!

Célia Jordão Alves disse...

pois é. Eu também não entendo essa de eles (os fumadores) serem discriminados. Ora bolas! Então e os que não fumama que toda a vida foram não só discriminados como prejudicados na sua saúde! Ás vezes parece que os outros funcionam com uma lógica que não casa com a minha...