14 de outubro de 2009

o melhor do mundo são os velhinhos

Avó e neta, mais uma vez à mesa. Mais uma vez pedem anonimato. E a gente respeita.

- Vais fazer 28 anos não é?
- Sim...
- Eu com 28 anos já era casada e estava grávida.
- Olha que bem.
- E tu nem namorado tens.
- Que desprezo é esse no teu tom de voz?!
- Não é desprezo! É pena...
- Devias era preocupar-te com a minha felicidade, isso sim. Perguntar-me se sou feliz.
- E és feliz? Sem namorado?!
- Claro que sou!
- ...
- ...

3 comentários:

Li* disse...

a tua avó é o máximo! =)
se quiseres descansar a tua avó.. diz-lhe que eu tenho uns amigos giros!! ;)

brincadeirinha!!!


beizinhos muito grandes e um xi apertadinho apertadinho!
*Li

paulo f disse...

Tu deixa-te 'tar quietinha!!!
A tua avó há-de vir a dar-te razão! E não vá ela ler este comentário e eu ainda aqui escrevia um palavrão daqueles de fazer corar alguns "cócós" lisboetas, eheh...
:P

Beijinhos.
pf

Ana Oliveira disse...

deixa lá Natacha, eu também tenho 28 e só este ano é que encontrei um namorado digno desse título... antes disso era solteira e feliz na mesma :)

Pfff... e se fosse pelo timing da familia estava tramada, tanto a minha mãe como a minha avó se casaram pelos 20 anos e aos 24 já tinham parido um par de criaturas!