3 de outubro de 2009

posts em rascunho: 11/06/2009

hoje ia ao volante e pensei

... enquanto esfregava o braço em busca de imperfeições. Isto do tempo quente obriga-nos a expor as carnes que normalmente andam escondidas. E expô-las ao olhar dos outros traz muitas vezes baixas de auto-estima, independentemente de quem sejam os outros e independentemente da atenção com que nos olham. Pensei:
Que bom seria se alguém gostasse das imperfeições da minha pele. Então parei de esfregar o braço e em vez disso afaguei-o. O meu braço direito, gosto tanto dele, para quê procurar-lhe irregularidades epidérmicas? Que bom seria se alguém me tratasse mesmo bem, incondicionalmente. Me acarinhasse e me sorrisse, independentemente do humor com que acordo, dos números na roupa e na balança, das crises existenciais (e já agora do penteado) na cabeça, da celulite exposta ao sol (e aos olhos dos outros) e, acima de tudo, independentemente dos meus erros. Seria tão bom que existisse alguém que me tratasse bem e me tolerasse, acima de tudo e de qualquer falha minha. Então pensei:
Essa pessoa posso ser eu.
E fiz mais festinhas no meu braço direito.

7 comentários:

Oficinas RANHA disse...

Gosto especialmente deste...
Beijinhos da Ana Cristina

sara disse...

Já dizia a publicidade ao leite(se não me engano era leite): "Se não gostares de ti, quem gostará?"

Oficinas RANHA disse...

Isto é tão tão verdadeiro que quase dói. Mas também pode ser tão tão verdadeiro que arranque sorrisos...
Beijos, Rita

Já leste o "Comer Orar Amar"? Parece-me que poderás gostar.

Tereclopes disse...

Estou 100% de acordo com a Sara,gosta de ti muito... olha que vale a pena.
Beijinhos

Li* disse...

mas tu és linda....
=)

ricardofb disse...

Podes sempre concentrar-te mais em apreciar do que no ser ou não ser apreciada.
Boas reflexões
Ricardo Belchior

mimiko disse...

Aqui à uns anos acontecia-me o mesmo, também não me achava grande piada... até ao dia em que percebi que para alguém gostar de mim eu tenho que ser a primeira a fazê-lo... e correu bem! :D Muitos beijos miúda e se queres saber mesmo sem nos conhcer-mos pessoalmente eu gosto de ti!