15 de setembro de 2008

re desenhar


Empurrei o meu cansaço e dificuldade em trabalhar até ao limite. Um dia, estava sentada numa esplanada com o bloco de desenho na frente. Tentei fazer um dos meus animais, de memória. Um dos que já se repetiram mais vezes, o macaquinho do barco dos sonhos. Que nasceu da minha cabeça, da minha mão.
Não consegui.
Tentei outra vez e não quis acreditar quando vi um boneco que parecia mais o Woodstock do que outra coisa.
Continuei a tentar.
Enchi a folha.
Desisti.
Está tudo bem. Estás só cansada. Se disseres a um cliente "Sabe, a torneira dos desenhos entupiu." não esperes que ele te compreenda. Não com essas tuas descrições mal conseguidas. Está tudo bem. Está tudo bem...
Muito poderia dizer para tentar explicar-me. Explicar primeiro o processo que me leva a fazer um desenho, como é que um desenho sai. Mas senti que de explicações já eu estava farta, de racionalizar o irracional. Era o limite. Não bastavam as falhas de memória absolutamente inacreditáveis, a dificuldade em articular palavras, o choro fácil. Não. Foi preciso chegar ao limite de não conseguir desenhar. Parabéns Nat. Agora cuida-te. Atreve-te a dizer que não consegues desenhar.

Foi à força que estes dois anjinhos nasceram. Longe dos desenhos que fazia já quase a dormir enquanto ouvia a televisão e que passavam sozinhos da minha mão para o papel. Tiveram um parto difícil, estes dois anjinhos, mas não são menos amados por isso.

Quem vem diariamente aqui parar em busca de imagens no Google, e entra aqui sem sequer saber onde está, guarda a imagem no seu computador e sai em bicos de pés, saiba:
Saiba que a imagem que tirou daqui sem autorização leva agrafados direitos de autor, suor e, às vezes, lágrimas.

21 comentários:

di disse...

:) amor.

Alecrim disse...

É das coisas que mais me custa: quando o meu cansaço afecta a minha capacidade profissional e intelectual... fico destroçada, porque custa perceber que é o cansaço.

Anónimo disse...

Estão lindos, Nat. Quem os vê, não mostram as dificuldades do processo criativo. Só sabemos isso, porque contas, porque só de olhar para eles, vemos magia, sonho, ternura.
Dias mais felizes virão, acredito.
*
Sandra, V.C.

nat. disse...

Os teus desenhos são sempre lindos, e cheios de amor... mesmo que com parto difícil! ;)

Beijinho grande!

Li*Azevedo disse...

lindos lindos
=)

Poronga's disse...

Oi, eu admiro demais teu trabalho e vim aqui deixar meu desejo de mto sucesso. te avisar tb que coloquei o "vermelho devagarinho" no meu blog. Ahhh eu tenho uma surpresinha pra vc depois, por isso peguei estes dois desenhos tá?! Mas n se preocupa não que eu vou fazer juz a verdadeira criadora!
Muito sucesso!!!

Elsa Serra disse...

Olá, é só para dizer que tens uma surpresa no meu blog :)
beijinhos
Elsa

Andreia Afonso disse...

adorei!!!
fiquei super fã do teu blog...
já tá nos favoritos e na minha blogroll...
passa no meu ....
beijinho e melhoras xD

lucie disse...

E posso adoptar a princesa anjo para dar boa energia ao meu quarto na Bélgica?

Sim, sei que custou... e talvez por isso tenha mais significado...

é para me lembrar que tudo é possível...


Irá lembrar-me das lágrimas que já aqui chorei e melhor de como as ultrapassei...


Fico à espera de saber se a posso receber na België.

Um beijinho e mais uma vez!

Bom trabalho...

(:

nat disse...

Poronga e Lucie, podem pegar nos anjinhos sim. Obrigada. Espero que vos façam boa companhia.
:)

Obrigada a todas pelo carinho, pelo apoio.
Beijinhos e boa noite.

sapatinhos de verniz disse...

Os desenhos estão fantásticos!
(...)
Não sei se estavas a referir a plágios, na última parte do teu post, mas digo-te o mesmo que digo às pessoas com talento e criatividade genuínos! Quem quer que seja que está sempre à espera de ver o que fazes para mais tarde reproduzir ou copiar, vai ter que andar sempre um passo atrás de ti... sei que o que digo não serve de grande consolo, mas é um verdadeiro elogio à tua capacidade de trazer o teu mundo tão intimo cá para fora e partilhá-lo connosco!!!
Muito obrigado por isso Natacha!
Um grande abraço!

on satage disse...

Pensa que se os desenhos te saíssem com a mesma facilidade com que respiras, também não teriam tanto valor!
Força, continua!
Contra ventos e marés, contra tudo e todos (incluindo tu), força... por mais escuras que sejam as nuvens, a verdade é que o sol está sempre a brilhar por baixo delas!
Por isso faz-te valer daquilo que tens... muita força!
;)

lucie disse...

Eu quero adoptá-los em papel!Pode ser?

nat disse...

Obrigada, Lucie. Podes sim. :)*

Muito obrigada, Sapatinhos e On Stage. ;)*
Beijinhos

Oficinas RANHA disse...

Pois é... quando vemos alguém com um grande talento, quase que nos esquecemos do trabalho que está na base... parece que foi tudo fácil...
Obrigado, muito obrigado, por nos lembrares sempre do que custa ter o teu maravilhoso e único talento, Nat. Para alem do amor que depositas no teu trabalho, todos os sentimentos que colocas no que aqui magnificamente escreves, abres e defendes são verdadeiramente admiráveis...
Um beijinho grande de melhoras, Rita

lucie disse...

quanto custam? :P dá para mandares para a belgica?

Fabiana disse...

Não te deixes abater por isso...
Você é super talentosa e especial.
Bjinhos

nat disse...

Lucie, não tinha percebido que querias que te enviasse! :D
Envia-me um email por favor, para falarmos melhor. natachavc@hotmail.com

Obrigada a todas pelas vossas palavras. Muitos beijinhos.

lucie disse...

enviei mas nao chegou a ti. lucia_frnnds@netcabo.pt!


Obrigada

Andreia Afonso disse...

Adoro este blog =D
Super distinto, original, divertido, belo...
Irei visitá-lo sempre que possa ..
Obrigada e continuação de boa semana.
Beijinho Andreia

AnaBond disse...

vou-te bater, sabias?