13 de outubro de 2008

olhá pinturinha

Eis o que andei a fazer entre viagens de autocarro.
Aqui ficam uns rabiscos preparatórios, o projecto da pintura na parede e o resultado final. Espero que gostem.

















Esta pintura foi idealizada, pedacinho a pedacinho, pelos pais dum bebé que está quase a chegar. É um privilégio poder concretizar as ideias que alguém tem na sua mente para o quartinho dum filho. Obrigada Tânia e Bruno.

16 comentários:

Tereclopes disse...

Está lindo... muito bem imaginado e muito bem pintado. Lindo de verdade, parabéns Nat

pontos disse...

Obrigada nós, a pintura pode ter sido idealizada por nós, mas só o teu génio poderia ter transformado as nossas ideias nisto que se pode ver. O privilégio foi todo nosso!
Beijocas :)

Sofia Quintela disse...

Pinturinha? este quarto apesar de todo pintado, o que poderia tornar-se cansativo, está uma delicia, adorei!!!! Tu tens umas mãozinhas... parabéns, Nat!!!

Li*Azevedo disse...

lindo de morrer!
só mais um para a minha colecção de "admiros" da natacha =) ihih

nat disse...

Pintas e desenhas maravilhosamente!!! Se estivesses na Alemanha ficavas milionária com esse talento :-)
Continua que vais longe...
:-)
PS: fazes-me lembrar um pouco a Beatrix Potter, que também fazia desenhos lindos

Sofia disse...

Ai, ai, a Natacha disse uma asneira...
Que quarto lindo.
Adorei o Sol e a bailarina hipopotama :)
as sapatilhas de pontas parecem mesmo de cetim...
Parabéns por mais um trabalho genial

nat. disse...

Adorei a bailarina... e o caracolzinho que está ao lado!

Beijinhos!

MaRiE disse...

Lindas como sempre! :D
BJS

LU disse...

Ela voltou à brava!

Melhor que nunca, minha manaman!

Marta disse...

Está lindo, aliás como todas as tuas pinturas.
Bjs

Anónimo disse...

Gostar?? Não!! Impossível só gostar. Gostei ... muiiiito! :)
Sandra, V.C.

Carla Morais disse...

bendito descanso! olha só o resultado! Parabéns, Natacha! (adoro a toupeirinha de óculos)

APO (Bem-Trapilho) disse...

sabes que é isso que me faz sentir saudades de andar de transportes públicos: o tempo que me sobrava para ler, desenhar, rabiscar, escrever... sim, sinto saudades de andar de autocarro, metro, eléctricos... mas poucas! :)
adorei mais este teu trabalho!

Oficinas RANHA disse...

Gosto muito das personagens desta tua obra. A hipopotama bailarina é um amor, a toupeira uma fofura, e adoro a abelhinha...
Beijinhos da Ana Cristina

math_hild'spost disse...

Estava de passagem por este blog e achei amoroso, senti-me estranhamente em casa, o meu namorado também gostou do hipopótamo, ou hipopótama? Se calhar é vontade de ter um em casa, mas primeiro ainda temos de fabricar uma criaturinha para pôr no quarto com o hipopótamo...felicidades e bom trabalho!

Vento nos S@lgueiros disse...

Vim espretitar devagarinho, assim como "quem não quer a coisa" e .... Adorei!!

Parabéns pelo talento!

Até breve...