27 de outubro de 2008

ferramentas de pano



Terminei a bata da Carmen (fi-nal-men-te!).
Pintar com a consciência de que se tem na mão materiais irreversíveis exige calma e muita confiança. Nas outras duas (1 e 2) batas que pintei correu quase tudo bem. Mas desta vez a mão e a cor fugiram-me ao pintar uma sombra. E com esta tinta, só vale pintar por cima. Apagar é coisa que não existe. Correu mal. Zanguei-me. Quase desisti. Só me acalmaram a possibilidade de refazer a pintura numa bata nova e paciência e carinho da Carmen.
Obrigada... espero que gostes (mesmo). Já está a caminho.

10 comentários:

Baú de Mimos disse...

Está um máximo :)
Muitos Parabéns!
Beijinho

Sofia Quintela disse...

à primeira vista quando olhei parecia-me que havia uma chave de fendas real junto da aparafusadora pintada,lool... tu és brilhante!!!

APO (Bem-Trapilho) disse...

adorei!

Maria Tavares disse...

Vou ver se arranjo uma profissão onde tenha que usar bata, porque também quero uma destas. Está linda, mas o que eu gosto da do gato!!
Vou ficar por aqui porque hoje só me dá para a parvoíce e estou a escrever e a apagar, por isso. resumindo: ADORO os teus trabalhos, todos. Pronto
Beijinhos e Boa noite

Isto é da alteração da hora de certeza

Anónimo disse...

A minha também correu bem... :)

Até tinha pensado pedir-te para repetires o "eritro-riso" noutras batas... Mas chego à conclusão de que não tiras muito prazer desse trabalho. :(

Beijinhos!

Ana Montalvão

sapatinhos de verniz disse...

Tu trazes realce a tudo em que te envolves...
Neste caso em particular, trouxeste realce ao tecido, mas também o fazes no papel e nas paredes com as ilustrações maravilhosas que desenhas/pintas e na escrita, quando dás o devido valor a situações diárias (que partilhas connosco), que passa ao lado da maior parte dos mortais...
Realce... verdadeiro realce!

Oficinas RANHA disse...

O que mais me fascina é ver as sombras dos objectos desenhados... porque fazem a pessoa hesitar, ao olho causa a ilusão de existirem de facto a três dimensões... Ficam sempre espectaculares, não há porque perderes a confiança...
Beijinhos, Rita

Sónia disse...

Dizes tu que são de pano...
Parecem mesmo que vão saltar do bolso :)

Um trabalho verdadeiramente fantástico, parabéns!

Oficina das Linhas disse...

Ai, tá quase, quase, amanhã vou buscá-la aos correios, trazê-la para casa, dar-lhe miminhos e muito carinho... coitadita tem sido alvo de aborrecimentos, ela não merece, está tão bonita :)
Com o calor aqui do sul vai recompôr-se num instantinho e passa-lhe logo, logo o amuo, hi, hi...

Sorrisos e beijinhos ♥

Sofia disse...

ela não gostar, eu gosto :)