4 de novembro de 2007

dias de sol

Adoro dormir com todas as persianas da casa abertas. Esta casa seria perfeita se tivesse uma lareira e mais armários. Tem tanta luz, tem uma vista para o outro lado do rio, uma aura. O sol entra cheio de calor e eu acordo com vontade de fazer todas as coisas de que me lembro como se não houvesse amanhã.
Isto dos sacos é maravilhoso. Se soubesse que me sentiria tão realizada ao criar cada um, já tinha começado há muito tempo. Sempre acreditei que podia fazer com as minhas próprias mãos tudo o que concebesse na minha mente (a tatuagem não me sai da cabeça). Lembro-me de, na escola primária - que era no monte - imaginar a minha casinha de tijolo no meio da paisagem, construida por mim (culpa do Walt Disney). Lembro-me de pensar que sabia perfeitamente como colocar os tijolos e o cimento e que ela nunca cairia. Muitos anos depois descobri a engenharia...
Cada vez que acabo de coser a lateral dum saco pelo avesso, o viro e ele se ri para mim, sinto vontade de fazer mais coisas e mais e mais. E ninguém me pára porque eu sou a Pucca a alta velocidade.

O nº 7 está na loja. Prometo que em breve largo a máquina de costura para fazer um desenho.

P.S.: Pus uma foto ali em baixo.

6 comentários:

CITRAG disse...

Parabéns pelos sacos, são lindos.

andie disse...

Amei esse Nat,tivesse eu euros e comprava-to!
Quando quiseres tratar da tatuagem,vem cá ao Porto e vai à Spider Tatto no Aviz,são de confiança(meus amigos)e serás bem tratada,que eles são super conscientes,não é como nos outros lados!Também acho essa frase linda, e que ela te define como artista!
Beijinhos!

Daniella Elayne disse...

Bizinha, esse saco é linnnnnnnnndo!O padrão foi muito bem escolhido. Parabéns!

Se a D. Celeste te visse assim a costurar ficaria muito orgulhosa- vou-lhe contar ;-)
Beijoca no pescoço*

sónia disse...

Linda, o tecido é muito bonito.

Pedro M. disse...

Gostava de ser um bocadinho mais como tu (mas em versão homem viril) :)

Carla Delgado disse...

Esses tecidos são uma doideira rapariga! E os sacos parecem bem resistentes.
Quanto á tatuagem trata de a fazer, fiquei às voltas c a minha durante 6 anos até que a fiz! E nunca me senti tão dona de mim como naquele dia ;)
Jinhos e continua a criar coisas lindas que foste (definitivamente) feita para isso!