4 de março de 2008

porque os blogs também servem para isto

... promessas públicas.

Diz que amanhã de manhã vou andar. Andar muito muito muito, assim como quem quer correr mas não pode porque tem excesso de peso e mamas grandes, assim muito muito muito rápido como quem quer fugir da casa dos setentas na balança.

Pausa para o palavrão F.

Prevejo o pior para os meus pés.

7 comentários:

rita martins disse...

Querida, nós as duas precisamos de força!
Tu para andar, eu para não comer.
Passo fome há três dias (resultado de uma consulta com o Dr. João)!

Boa caminhada! Quem me dera fazer-te companhia... Ehehe :D

Beijinho.

moonchild disse...

És uma curtida :) Adoro-te com qualquer peso! E note-se, nem sequer acho que estejas mal :)

Beijinhos e bom passeio

sapatinhos de verniz disse...

Eu adoro caminhar... caminhar muito... ou andar de bicicleta! Percorro grandes partes do Porto a pé, apesar de ter o andante carregadinho!
Se pudesse fazia-te companhia!
Abraço

macati disse...

aiaiaiaiaiaiai... já me estás a fazer lembrar d promessas que fiz: "assim que vier o tempo bom (=parar de chover) vou andar contigo de bicicleta!"
eu e a minha boca e a lentidao do cerebro em pensar antes de falar...
boas caminhadas! mas isto so funciona se for todos os dias e nao abusares senao vais ficar supermusculada nas pernas... depois poderias sempre tentar caminhar fazendo o pino para compensar!
bjcs

Isabel disse...

forca aí rapariga!!!!
custa e é uma seca mas no final, se não desistires da tua promessa, vais ver que te vais sentir muito orgulhosa e até podes vir a achar que dá para repetir!!!!! lol
Coragem!!!!

PS - uma musiquinha ajuda bastante! ;)

nat disse...

Obrigada pelo apoio meus amiguinhos! Resultou ter feito a promessa porque me obriguei mesmo a ir. Quem me dera ter companhia!!! E música... mas não tenho MP3. Amanhã, se os meus pés já se tiverem recomposto do trauma, repito a dose. Nem vos digo quanto a balança marcava hoje de manhã.

Analog Girl disse...

Partilho o drama.

Força aí, anda muito e comunica os resultados (quando a balança se dignar a ser simpática- a minha também não é...)!