11 de dezembro de 2007

amanhecer

De manhã, metade da casa fica amarela e a outra metade fica branca. A luz embala-me sempre. Há dias em que me enche de força e vitalidade, há outros - como hoje - em que me empurra de volta para o choco.

5 comentários:

sapatinhos de verniz disse...

Há dias de vivicidade, outros de nostalgia!
Há que viver cada momento com plenitude e aceitar tudo com fluidez!

Lou* disse...

Hoje acordei assim.
Hummm... sabe tão bem.

Li*Azevedo disse...

mas que lindo lar!

adoro acordar com a casa ainda amarelada =) sabe tão bem!! O problema é que depois apetece-me sempre ficar na xornice ;)
**

Serões da Inês disse...

Olá! Adorei o seu blog. E a casa deve ser um espectáculo. Não há nada como nos sentir-mos bem na nossa casa. É meio caminho andado para sermos felizes. Fêz agora três anos comprei um duplex, gosto tanto de lá estar, que reparei que saímos muito menos desde que estamos naquela casa. É simplesmente divino poder chegar ao fim-de-semana e passar a manhã toda na varanda a apanhar sol.
Parabéns por tudo o que vi
Bjs
Inês Nunes

software testing interview questions disse...

hi
great work natacha ,nice drawings ...