1 de agosto de 2007

voltei

Na 6ª fui para o Porto, rumo à parede dos anos 80. Contava escrever um post no Sábado a avisar que só voltaria hoje mas a Di "fugiu" com o computador e eu fiquei subitamente sem net, sem mail, sem blog, sem tudo.
Durante quatro dias pintei de manhã até à noite. Dez horas por dia. No primeiro dia - o mais difícil de todos - desenhei até já não me aguentar em pé. O desenho é um acto mental (a pintura também, já dizia o da Vinci) tão violento que eu gostava de ver o meu cérebro examinado enquanto desenho. Cheguei a casa da Di, deitei-me e dormi 12 horas. No dia seguinte a mesma coisa, de maneira que na terceira manhã de trabalho, quando me vi ao espelho, tinha a pele mais maravilhosa que a dum bebé, os olhos vivos, brilhantes e uns lábios de top model (nunca pensei que a treta do sono=pele bonita fosse tão verdadeira).
Na 2ª fiquei sozinha também na casa da pintura. Horas e horas sozinha. Pincéis, tinta, lanchinho, água, parede parede parede. As únicas palavras que me saíam da boca eram das músicas dos desenhos animados que estava a pintar e um ou dois palavrões ditos à boa moda do Minho, de cada vez que me enganava ou ficava com as pernas adormecidas. Acho que nunca estive tanto tempo sozinha. Brunim... Garfield... o meu blog... o meu blog... o meu mail...
Dormia na casa da Di e trabalhava na casa do João. Duas casas tão arrumadas, o silêncio das horas e horas em frente à parede, o fim do dia com a televisão. E salame de chocolate para me consolar. Quase tive uma crise existencial.

[Numa das manhãs, ao tentar cortar um pão duro, fiz pontaria ao pão, enfiei a faca no dedo (o pão a rir-se), o dedo começou a jorrar sangue como eu nunca vi, enfiei-o debaixo de água e ele não parava, corri para a casa de banho e pensei no CSI a analisar as gotas no chão, o dedo a esguichar, eu a falar sozinha e a descoberta de que na casa duma enfermeira não há pensos rápidos nem gaze nem adesivo. Valeram-me o papel higiénico e uns momentos de mão para o ar a ver bonecos na rtp2. Depois fiz um penso com fita crepe e pintei normalmente.]

Anteontem a Di voltou. Falei tudo o que acumulei durante dois dias, tanto e tão descontroladamente que até me cansei de mim própria.
Ontem terminei a pintura às 23h30. Completamente exausta. Já sem ver direito o que faltava, sem conseguir concentrar-me e a já só pensar na minha casinha desarrumada.
Mas tirei fotos e fico tão feliz de as poder partilhar com quem veio aqui estes últimos dias e deu de caras com o mesmo post de 5ª feira... peço desculpinha.










Melhor que desenhar, pintar, (re)criar, é ver a felicidade e surpresa das pessoas para quem pinto.

23 comentários:

Rita disse...

Primi! ta lindooo! :)

uma alface à beira mar plantada disse...

A parede está linda, mas ta a faltar uma personagem importantíssima, onde está o dartacão? e a julieta? que falha ;-). Foram os meus desenhos animados favoritos. Eram o máximo. A milady tá um espectáculo, linda.
Os teus desenhos trouxeram-me boas recordações. Que bom.
Muitos parabéns

Sofia disse...

e a felicidade das pessoas para quem não pintas??? Natacha tu és a verdadeira artista :)
tb quero para o meu quarto!!

Anónimo disse...

Que saudades dos teus posts minha irmã. Começava a ficar preocupada...Muitas beijocas e xixões.Nhocas PS-Voltei a ser criança e a estar sentada ctg a ver a Ana e a Bea... N imaginas o bem q me fez,depois de dias tão dificeis ;*

Anónimo disse...

Bom regresso!! Que giro ver o meu imaginário de infância todo numa só parede! Ai a Ana dos Cabelos Ruivos! A parede está incrível. Parabéns.
Sandra, V.C.

Inês disse...

Não podia ler (e ver) este post sem deixar os parabéns pelo magnífico trabalho.
Quando olho para as tuas pinturas e desenhos só consigo pensar em quando tiver uma casa que quero umas paredes assim!

Sofia Quintela disse...

Que linda parede!!! Muitos parabéns!!!

Claudia disse...

Lindo, Lindo, Lindo. Como digo sp as paredes da Natacha estão vivas, e vivem para nós e para as nossas crianças!!!! Parabéns mais uma vez

Mário "Twin" Cunha disse...

"Twina", que havia talento nunca houve qualquer dúvida, mas nesta parede excedeste-te, pelas fotos está MAGNIFICA.
Muitos parabéns por este magnifico trabalho.

Van Dog disse...

Estão lindas!

Rutinha disse...

afinal era a milady!!!pois claro...está um espectáculo. mas é mmo no corredor da casa de alguém?
e os bonecos, à noite saem da parede para brincar, não? :) bjs

fatima disse...

Está simplesmente espectacular!!
Parabéns Natacha!

Monica Al disse...

Parabéns!!! Está fantástica!
Que saudades ao rever esses desenhos.

Sapinho Cor-de-Mel disse...

Diz-me uma coisa... como consegues?
=)
Fico sempre maravilhada com as tuas pinturas e desenhos... =)

Parabéns, a sério!!!

LIIIIIIINDO*

Li

1gota disse...

Magnifico (como sempre)!!!
Parabéns!

:*

Oficinas RANHA disse...

Ficou muita bonita, a tua obra feita em tempo record. E é sempre muito bom ler os teus posts.
Quanto à falta de material na casa de uma enfernmeira digo-te já que é normal. Será das duas uma, ou tens de tudo tipo farmácia, ou não tens nem uma compressa... na minha também não há nada.
Beijinhos da Ana Cristina

macati disse...

ola gira!!!!
apesar de tudo ficou lindo lindo lindo! as melhoras po teu dedo!
:)
manela

APO disse...

Ai, Natacha! K talento! Parabéns! K lindo ficou! bjos

Tiago disse...

Parabens! Está a parede está linda linda!! :)

LU disse...

Pega um balde que eu não paro de babar...............

mãe dos kiduxos disse...

Que saudades da Ana dos cabelos Ruivos...
A pintura ficou linda!

Marisa disse...

GENIAL!!!
Quando tiver a minha casa vou falar consigo! :D
Que delícia!...

mghorta disse...

Com muita imaginação...

Parabéns. :)