17 de junho de 2008

ora 2,6 arredondando dá 3

"Oh Di, já somos adultas?" - perguntei-lhe, atormentada, via msn. Ela respondeu imediatamente "Não!" e eu fiquei mais aliviada.

Estou presa neste corpo de adulto. O meu corpo mede o tempo que passa por ele melhor que o da minha mãe mede o que passa por ela. (Será que a minha mãe está avariada?) O meu corpo quer à força ter coisas que só me lembro de ver em velhinhas, como cabelos brancos e veias roxas e gorduras penduradas. Das rugas até gosto, porque assim, mesmo séria, vê-se bem o que andei a fazer com a cara: rir.

Quando fiz 10 anos, a avó de uma amiga minha disse-me "Já lá vai uma década!" e aquilo não me agradou. Soou-me como quando me perguntam a idade e eu respondo, muito pouco convicta, vinte e cinco. Parece mentira. Mas é só por ser comigo! A idade dos outros não me atrapalha nada. Nem sequer penso na idade dos outros, até porque estou demasiado concentrada na minha, como se vê. Dentro de mim sou pequena. É só isto que quero dizer. Sou pequenina e tenho tanto peito como um rapazinho. Acho que ter trinta anos é igual a ter oitenta, ou quarenta. Desde que não seja em mim, se faz favor.

14 comentários:

v disse...

Natacha... 30 = 80? Péssima matemática ;)

Oficinas RANHA disse...

Porque não podes ser tu pequenina num corpo de 25, 30, 80?! Já te ocorreu que possas estar a pensar como uma velha...?!
Beijinhos grandes da Rita, esta idosa de 32

PS - E aí em cima foi provocaçãozinha, até para mim, que mais vezes do que devia me amarguro com isso, como tu...

nat disse...

Ahahahaha é claro que estou a pensar como uma velha! Estou velha e em processo de negação assumido! Não há remédio senão mais tinta no meu rico cabelo ihihih... desconfio que o amoníaco penetrou o meu crânio! :D
Beijos!

natA disse...

bem, pelas tuas contas também estou nos 3 :D

às vezes também me sinto pequenina num corpo grande... mas também já me aconteceu sentir-me grande num corpo "pequenino"...

números números e mais números...

Sebes que já me chegaram a perguntar a idade e eu não ter a certeza de qual era o nº certo? são 25 ou 26? Ooops... sorry, são 27...

às vezes tenho que pensar mesmo muito...

Beijinho

Li*Azevedo disse...

hummm... a menina daqui a nada faz aninhos ;)

hpinto disse...

Como eu te entendo lindinha...
Tenho 37 feitos no mês passado e raros são os momentos em que me sinto com mais de 15... excepto ao olhar para a minha filha de 4 anos ao meu lado :o) ou ao facto de o corpo começar a não fazer da mesma maneira certas coisa... BAHHH!!!
Por dentro, mentalmente, continuo a a saltar como se nada se passasse!!! EU SOU UMA MIÚDA! Azar de quem não veja isso ;op

E tu és daquelas que também o há-de ser para toda a vida ;o)
Beijocas "godas e fofas" como nós ;op

gotas de chuva disse...

Há dias estava deitada e começei a pensar na idade e dizia p mim:

tenho quase 28.... dp 29 e 30! TRINTA??! estou a dois anos dos TRINTA!! caneco!

... passou-me logo o sono.

macati disse...

beeeeeeeeeeeeeeeem esse comentario da decada... vou ali e ja volto... eu demoro sempre a fazer contas sobre a minha idade e prefiro nem pensar nela pois acho-me bem mais nova e ha tanta coisa q quero fazer e ver...

sapatinhos de verniz disse...

Vá lá... não penses assim!
Nem com 80 anos tu vais ser velha... muito menos com essa postura divertida e essa mentalidade de magia!
Tu vais ser uma eterna criança!!
Abraço!

andie disse...

Ai, a idade!
O que custa mais é ver os outros miúdos a acabar a secundário e pensar "pera aí,mas isto era eu há uns...meses? dias?semanas?!" "não,querida eras tu há 11 anos atrás, damn it!"
Só de pensar num título duma série que começa por "T" em referência ao número 30...eu que pensava que aquilo era uma série de velhos,lol!
Mais dez e estou nos "entas",foge!
Stop the train, I wanna get out!!!
Jinhos!

Otário disse...

ai, meu deus... odeio estas conversas de idade. tenho uma amiga minha, mais velha, sempre com o problema da idade.

bem... assim sendo, "se não os podes vencer, junta-te a eles"! ah... mas eu sou novo ainda... tenho somente uma década mais 7!!!!!

mas continuo a pensar que a idade não importa... é insignificante!

zarah disse...

Também me sinto pequenina... e na maioria das vezes não me importa nada! Também acho que os números são superfluos. Sou grata por conhecer gente "velha" que nunca o será :) E espero seguir o exemplo! Escrevi sobre as saudades no blog e constato que a maioria dos "pontos" referem-se à infância... Deve ser uma fase... Em que fase se está quando temos entre 25 e 30?

Fernanda disse...

Já vi que vc sofre como eu com a proximidade do dia 20....

(com a diferença que aqui os 30 já se instalaram. 3,2 para ser mais exata, mas a cabeça ainda é de 5 anos)

Um beijo

Mónica disse...

Os vinte e cinco não me custaram muito, acho que pior foram os vinte e quatro.
Não sei porquê quando fiz vinte e quatro sentia-me mesmo velha.
O pior é vermos os velhotes a pensar alto: ahhhh....vinte e quatro....
os meus lindos vinte e quatro....
:)))