26 de fevereiro de 2013

londres estranha-se... depois entranha-se

Coisas que estranhei quando cheguei a esta terra:

Egg mayo. Egg mayo ao pequeno almoço.
O preço dos vegetais frescos.
A quantidade de frascos de molhos no supermercado.
O não se reciclar.
A ausência de caixotes de lixo na rua.
O preço de um expresso.
O café de merda.
Que se beba café com leite a acompanhar a comida.
As sopas.
O desperdício.
A quantidade de gente.
Não haver cães vadios.
Os cafés, supermercados e mercados que vendem bolos, bolachinhas e pães sem os cobrir com nada. Ficam ali ao ar e à tosse e ao perdigoto. Canojo.
A falta de higiene nos cafés e bares. O funcionário pegar na sanduiche com a mesma mãozinha que recebe o dinheiro e que coça a cabecinha. Ca. Nojo.
O não haver uma ASAE como a portuguesa, portanto os mercados de comida (e tudo o que eles implicam) prosperam e são adorados.
O tamanho e a população desta cidade.
A hora de ponta no metro na central line.
As casas minúsculas com rendas absurdas.


5 comentários:

Edien disse...

E entranhaste ?

G_ticopei disse...

Curioso este teu post... Vivo em Tanger, Marrocos, considerado por muitos amigos meus em Portugal um país de 3º Mundo. Com um crescimento económico na ordem dos 5%, ainda assim considerado 3º mundo.Do que escreves encontro estes pontos em comum;
"A quantidade de frascos de molhos no supermercado.
O não se reciclar.
A ausência de caixotes de lixo na rua.
O preço de um expresso.
O café de merda.
...
...
A quantidade de gente.
...
Os cafés, supermercados e mercados que vendem bolos, bolachinhas e pães sem os cobrir com nada. Ficam ali ao ar e à tosse e ao perdigoto. Canojo.
A falta de higiene nos cafés e bares. O funcionário pegar na sanduiche com a mesma mãozinha que recebe o dinheiro e que coça a cabecinha. Ca. Nojo.
O não haver uma ASAE como a portuguesa, portanto os mercados de comida (e tudo o que eles implicam) prosperam e são adorados.
O tamanho e a população desta cidade."

põe-me a pensar... afinal de contas têm muitas semelhanças não?

Menina Rabina disse...

Londres faria as delícias de qualquer inspetor da ASAE! ;D

Inês disse...

Finalmente alguém que me entende. Vivo em Inglaterra há 5 anos e ando a contar os dias para voltar para Portugal. Mas as minhas amigas acham que sou louca.
Junta á tua lista…
Gente mal-educada nas repartições públicas e que só funcionam certos dias da semana.
SNS é gratuito mas a negligência é tanta que me recuso a ter filhos aqui.
Comércio que fecha às 5.
Recolha do lixo de 15 em 15 dias (é preciso ter uma licenciatura em gestão de resíduos urbanos para conseguirmos gerir o nosso lixo)
Três corredores no supermercado com comida pré-preparada e um com legumes e fruta (e como dizes cara como tudo… Já vi cerejas a £12 o kilo)
Funcionários da peixaria que se recusam a escamar e limpar um peixe.
E podia continuar... mas o meu marido (inglês) já acha que chega.
A imagem que temos de Inglaterra é MUITO diferente da realidade. Esta gente ainda vive na idade média e não se apercebeu que o resto do mundo vive no século XXI.

Oficinas RANHA disse...

Quando visitei Londres senti o mm, tal como em Amsterdão, em relação ao ca nojo...
Ana Cristina