25 de abril de 2010

a pintora e o rímel

A pintora observa que o seu rímel passou do prazo há mais de quatro anos e desconfia que é por isso que a textura da tinta já é de tal modo pastosa que as suas pestanas não ficam pintadas, ficam aglomeradas por uma camada de crude.

A pintora resolve facilmente o problema, diluindo a tinta pastosa com a de um outro rímel também expirado mas ainda líquido.

A pintora mexe mexe, testa a elasticidade da tinta e conclui que tem razão. Uma tinta só passou do prazo quando já tem bolor e cheira incrivelmente mal.

A pintora deseja secreta e ardentemente que nada de mal aconteça aos seus dois olhinhos verdes, que são pitosgas mas muito estimados.

2 comentários:

luciana_brpt disse...

Ué?! Tinta da China, Nat...rsrsrs

Li* disse...

ehehe!!!