18 de dezembro de 2009

e um referendo sobre os referendos? nom?

Não há pachorra. Perguntar ao zé povinho (que inclui gente para quem ser homem-sexual é violar criancinhas) o que pensa do casamento alheio é aquilo a que eu chamo gastar papel à toa.
Tanta árvore a morrer em vão.

4 comentários:

Sofia B. disse...

não me ouves, nem me vês, mas estou a aplaudir... e de pé :)
bijocas

LU disse...

Tem toda razão, Nat.

guida c disse...

Não podia estar mais de acordo!

sapatinhos de verniz disse...

apoiado!