23 de setembro de 2010

as capas da revista happy deprimem-me

Aquelas mulheres de 2 metros de altura com pernas de alicate, ombros para dentro, caras de absoluto tedio e, a coroa-las, as letras garrafais: HAPPY. E ainda bem que esta escrito que e' para a gente gorda mas feliz entender. Imagino a sessao fotografica. Encolhe a barriga, esses bracinhos mais ao pendurao, verga-te so um bocadinho mais, encolhe encolhe encolhe... ja esta!

E' por isso que eu vejo a vocalista dos The Gossip toda nua numa capa de revista e deliro. Ela faz por mim e por todas as mulheres reais (mais ou menos felizes) muito, mas muito mais que qualquer revista dirigida a gajas modernas. Muito, mas muito mais que qualquer ideal de beleza feminia, numa infeliz capa da Happy.

6 comentários:

pontos disse...

Desde que esta revista saiu que reparo nas capas e realmente são todas assim, raparigas esqueléticas, em posições estranhas e com um ar muito infeliz. Será que a ideia é mesmo essa?

rutinha disse...

:)

Sofia B. disse...

a mim também... Não só a capa, a maior parte do conteúdo é deprimente e por vezes dimuidor da condição da mulher!!

sara aires disse...

Dá-lhe Nat! :D

Mónica disse...

Bem, a vocalista dos The Gossip também não está com um ar muito feliz... e não teve de encolher nada! Será o peso da fama? :)

Giovana Dechen disse...

Estou muito muito feliz que tenha voltado a postar com freqüência, porque simplesmente a-do-ro seus comentários, cheios de boas sacadas. Além do mais, tenho um link no meu blog (www.art4dog.blogspot.com) para sempre podermos apreciá-la.
Continue, não podemos perder seu brilho e seus talentos.
Beijos com carinho,
Giovana Dechen