29 de maio de 2009

sim, estou biba!

Começo já com um eufemismo: os últimos tempos não têm sido fáceis. Teria havido muito para escrever se eu visse algum interesse em registar e tornar públicos os meus pensamentos mais pessimistas, e também se pudesse manter o anonimato. O meu bloguezinho ainda é cor-de-rosa, porque eu assim o quero.

marca d'água


Tirei esta fotografia na altura em que estava ainda a tentar digerir o ódio dos "falsos anúncios". Ao fim de horas e horas de trabalho. Cansada mas feliz, diante de mais um par de ovelhinhas saltitonas. Minhas. A minha vontade era de nunca mais publicar nada na internet, a não ser que fosse possível construir uma barreira à prova de ladrões. Talvez a minha mão esquerda, identificada pela cicatriz no polegar, a velar o essencial de cada imagem. Não me saía da cabeça esta frase: As minhas pinturas são minhas. Minhas.

Que triste seria se eu começasse a dar mais importância a quem me rouba do que a quem vem aqui por gosto e me respeita realmente. Que triste, se guardasse para mim cada uma das minhas criações, como se de obras de génio se tratassem. Mas o meu primeiro impulso é esse, especialmente depois de ver a minha propriedade intelectual violada várias vezes, num tão curto espaço de tempo. Se calhar devia fazer marcas d'água em tudo o que crio. Devia avisar que as pinturas estão todas registadas. Devia fazê-lo no cabeçalho do blog, em tom de ameaça, deixando no ar uma certa tensão para que os potenciais espertinhos tirassem daí o sentido. Lamento mas ainda não será desta.

Posso sempre avisar que a minha mão está em tamanho real, na foto, e que sim, eu sou grande e forte, e essa mesma mão tem uma irmã gémea, destra e certeira.
:)

9 comentários:

Alecrim disse...

A tua mão é maior que a minha: conferido com a minha mão sobre a tua, no écran. :)
Até que enfim, voltaste!

mimiko disse...

Ainda bem que voltaste! Já estav com saudades...

Marta Mourão disse...

Natacha, eu acho a marca d´água uma boa ideia.

Anónimo disse...

Ainda bem que voltaste!! Que saudades!! Sabes, a melhor forma de proteger as tuas criações, os teus desenhos é partilhá-los com orgulho e amor, como sempre fizeste. Ao mesmo tempo que estás a expô-los a eventuais ladrões, estás tb a dar a conhecer o teu trabalho e quem te admira e respeita irá sempre levantar a voz para te defender. Foi assim que tiveste conhecimento desse pintor-de-papel-químico. Não nos tires o imenso prazer de ver as tuas ovelhas, os teus anjos, as tuas bailarinas princesas e todos os outros bonecos encantados que saem das tuas mãos mágicas.
:)*
Sandra, V.C.

Li* disse...

finalmente voltaste
=)

nós estamos aqui a "proteger-te" também!!!

Anónimo disse...

Nat, nada disso de parar de expor para o mundo seus belíssimos trabalhos em?!!
Sua riqueza de detalhes é perfeita,suas obras de arte não podem ficar escondidas!
Infelismente existem pessoas sem o mínimo senso, que totalmente desprovidas de criatividade e ética, roubam suas delicadezas!
Não nos deixe sem o mundo encantantado dos seus bonequinhos! Eles nos inspiram para sermos mais felizes!
Beijinho lindona!
Laís Lima

SENTES-TE FELIZ POR VIVER?? disse...

NAT:
è realmente triste haver pessoas que nao respeitem o teu trabalho e a sua autora, mas por favor continua a partilhar os teus lindos desenhos com todos aqueles que te admiram...
CONTINUA!!!
Beijinhos
Rita

sara aires disse...

Estamos aqui contigo Natacha! Não te vás embora, dá-lhes uma bofetada em cheio!

Isabel disse...

Olá Natacha!
Apetecia-me dizer uma enchurrada de palavrões (e sei dos grandes e bons!)mas como sei que és politicamente correcta... fico-me pelos elogios!!!
É um prazer ver o teu trabalho, diariamente, exposto no quarto das minhas princesas!
Quidsapit, ainda este ano, te pedirei, novamente, para contribuires para a educação e a estimulação criativa das minhas princesas???
Beijinhos, Isabel Marques (Pinto)